segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Webdocumentário sobre a Colônia de Itapuã será lançado dia 15

Moradores do Hospital Colônia de Itapuã são os protagonistas do webdocumentário “A Cidade Inventada”, que será lançado segunda-feira (15), no Instituto Goethe na Rua 24 de outubro, 112, às 20 horas, pela produtora Tempo Porto Alegre. O filme conta a história do lugar que recebia pessoas com Hanseníase. O projeto é um desdobramento do filme “A Cidade”, premiado em festivais no Brasil e exterior.
O webdocumentário, com direção de Liliana Sulzbach, estará disponivel no site www.acidadeinventada.com.br. A ideia é propor uma nova experiência narrativa, cuja navegação permite um passeio pelo lugar, apresentando um outro jeito de vivenciar a história e seus personagens.
Com acesso gratuito e universal, o usuário poderá optar por assistir ao filme na íntegra ou inserido no contexto do passeio virtual e ter acesso a um filme de arquivo realizado na época da inauguração do local. O filme ainda oferece opções diferenciadas de áudio, material audiovisual extra, documentos, estudos, fotos e depoimentos, não só aprofundando o conteúdo, mas também servindo como um portal de pesquisa e utilidade pública.


A localidade já abrigou 1.454 pessoas durante mais de 70 anos de existência, mas atualmente conta com apenas 34 moradores, todos acima de 60 anos. Lá ninguém gosta de lembrar o que o lugar foi no passado, mesmo que para muitos a lembrança inscreva-se no próprio corpo.
“A Cidade Inventada” tem financiamento do FUMPROARTE e é uma realização da Produtora Tempo Porto Alegre em associação com Kiko Ferraz Studios, Combo e Tat Studio. Com direção de Liliana Sulzbach, coordenação de Thais Fernandes, webdesign de Tatiana Sperhacke, desenvolvimento de website de Morris Ruschel e supervisão de som de Kiko Ferraz e Christian Vaisz.



Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron

 


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Documentário Arte da Loucura estreia no Hospital Psiquiátrico São Pedro


Uma experiência que provocou os limites entre a loucura e a arte e promoveu a interação entre o cuidado e a cultura dentro do Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP), em 2013, será contada em um média-metragem realizado pelas diretoras gaúchas Karine Emerich e Mirela Kruel. Arte da Loucura apresenta a residência artística do grupo de teatro italiano Accademia Della Follia no HPSP, que envolveu artistas-loucos, estudantes e trabalhadores da saúde mental. O documentário será lançado pelo projeto São Pedro em Movimento no dia 18 de dezembro, a partir das 17h45, no pátio do hospital.
Com a participação de diversos grupos de teatro, música e dança, o evento de lançamento marca a consolidação de um novo momento da instituição. A partir de relações de inclusão da comunidade do São Pedro com a sociedade, o antigo hospital psiquiátrico está se tornando uma referência de produção artística descentralizada da cidade.

 
Programação
 

17h45  Apresentação do grupo Oigalê

18h       Cena do espetáculo cômico As Alegres Latinas de Poa, do Núcleo de Estudos e   Experimentação da Linguagem Cênica (Neelic)

18h 30 In_Visíveis Pocket Show, encenação concebida com base em vivências realizadas junto à população em situação de rua

19h      Banda Lá Fora - do baião ao chamamé, composições próprias que misturam músicas regionais de todo o Brasil

19:30   Nau da Liberdade, o grupo que dá continuidade às oficinas iniciadas pela Accademia Della Follia, apresenta uma cena

20:00   Exibição do documentário Arte da Loucura

 
Documentário integra trilogia sobre loucura

O média-metragem Arte da Loucura é o segundo título da trilogia sobre loucura que as diretoras Karine Emerich e Mirela Kruel realizam. O primeiro, chamado Ruínas da Loucura (2008), repercutiu nacionalmente entre os interessados no tema da reforma psiquiátrica. Com financiamento da Secretaria Estadual da Cultura, através do Pró Cultura/RS, o novo trabalho mostra as oficinas realizadas pelo grupo italiano  Accademia Della Follia que resultaram na montagem do espetáculo Azul como a Liberdade,  apresentado em 18 de maio de 2013, Dia da Luta Antimanicomial.

A dupla de diretoras acompanhou o processo da residência e o espetáculo, produziu algumas cenas, recriou para a linguagem audiovisual o texto teatral e realizou entrevistas. Com este material, desenvolveu o documentário, que trata a temática da loucura de forma inovadora, propondo uma reflexão sobre a importância da arte em sua abordagem terapêutica.

Experiência fundou o Nau da Liberdade

Das oficinas de teatro com o grupo italiano surgiu o grupo Nau da Liberdade, composto hoje por 23 artistas, entre usuários e trabalhadores do HPSP e residentes da área da Saúde e da Arte. Entre os usuários que compõem o grupo estão ex-moradores do hospital que hoje vivem em residenciais terapêuticos, usuários que ainda residem em unidades de moradia do hospital, mas que estão em processo de transferência para residenciais, e pessoas acompanhadas por outros serviços da rede. O grupo se reúne para ensaiar três vezes por semana no São Pedro e já montou seu segundo espetáculo, chamado “O Resgate”, que foi apresentado em diversas cidades, inclusive no Rio de Janeiro.

São Pedro em Movimento

O Nau, o lançamento do documentário e a parceria com grupos de teatro, música e dança são ações do São Pedro em Movimento. O projeto tem o objetivo de promover uma transformação na instituição, a partir da abertura de suas portas para a comunidade e da mudança do vínculo dos usuários com o hospital, tornando-o um local de criação, cuidado, autonomia e cidadania.

É iniciativa do projeto a revitalização que inclui acordo de cooperação técnica entre a SES e a Secretaria Estadual de Cultura com o objetivo de dar continuidade do uso cultural dos blocos 5 e 6 do HPSP. Fazem parte do Condomínio Cênico do Hospital os grupos: Falos e Stercus, Oigalê, Povo da Rua, Neelic e Caixa Preta.


Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Exposição no CIAPS do Hospital Psiquiátrico São Pedro



"Alcançando o Arco Iris" é o nome dado pela adolescente Ana Paula, de 15 anos, interna do CIAPS-Infantil do Hospital Psiquiátrico São Pedro, a exposição de trabalhos de sua autoria. Moradora de Ivoti cursou até a 8ª série do ensino fundamental que foi interrompido por problemas psicológicos. Ana Paula passou por diversas instituições onde aprendeu sua técnica nas atividades desenvolvidas de arte-terapia.

Segundo ela, a pintura significa uma forma de expressar meus sentimentos. Algumas pessoas demonstram seus sentimentos através do choro e da agressividade...” No futuro pretende voltar a estudar e se dedicar a pintura, pois sonha tornar-se artista. Suas obras são produzidas em aquarela pintadas à mão.



 
 
 
Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro recebe obras da APAE de Gramado

Sendo reconhecido como espaço que contribui para resguardar e difundir a expressão plástica   e a cultura no Rio Grande do Sul, a Oficina de Criatividade do HPSP ampliou seu acervo  na última sexta-feira, 28,durante o lançamento do Catálogo “Linguagem de Dentro, Pinturas de Helena”, em Gramado,  coma doação de obras de Helena Bertoluci, integrante da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Segundo avaliação da   artista visual e arteterapeuta, Kira Luá, que acompanha os trabalhos de Helena, as obras revelam as pinceladas expressivas com muita cor e equilíbrio: “Helena sabia usar as cores de maneira espontânea, alegre ou densa e, às vezes, com coragem e tenacidade.”

A psicóloga Barbara Neubarth  da Oficina, Doutora em Educação, observa que esta doação ao espaço que conta com mais de 100 mil peças produzidas por moradores e usuários do Hospital São Pedro, “amplia as ações relacionadas à arte e contribui para a sociedade acadêmica tanto pelo valor estético como para futuras pesquisas de pessoas interessadas nas obras que podem provocar sensações e surpreender.”


 
 
 
 
Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1319 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Memorial conta a história da hanseniase no Estado





O Memorial Hospital Colônia Itapuã será inaugurado na próxima quinta-feira, 27, em meio a uma paisagem privilegiada pela natureza, a 60 km de Porto Alegre, numa área de 1.251 hectares, no município de Viamão,  pelo Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais da Secretaria Estadual da Saúde. O Memorial que resgata 74 anos de história do Hospital impressiona ao imprimir a trajetória das políticas adotadas para o enfrentamento da hanseníase e o impacto na vida de pessoas que foram afetadas pela doença.

O espaço destinado à história na antiga instituição está localizado no antigo prédio onde residiam as freiras da Congregação Franciscana destinadas a cuidar dos pacientes que passaram a morar compulsoriamente na Colônia. Esta decisão correspondia à política de saúde pública vigente em 1940, época da fundação do Hospital. Ao afastar  do convívio da sociedade os que eram portadores da doença milenar, conhecida como Lepra, mudaram o destino aqueles que passaram a viver num ambiente paralelo com estrutura de uma pequena cidade. Dos mais de 1.400 pacientes que passaram pela instituição, vivem hoje no HCI,  34 ex-hansenianos, remanescentes da época da segregação e, juntamente com a comunidade, contribuíram para enriquecer o acervo que conta com peças e utensílios  pessoais, além de equipamentos e materiais usados no tratamento da doença.

Hospital Colônia Itapuã está situado na Rodovia Frei Pacífico, s/ n°, em Viamão.


Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1319 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

SES NO CONGRESSO BRASILEIRO DE QUEIMADURAS

Na manhã desta quinta-feira, o coordenador do Departamento de  Coordenação dos Hospitais Estaduais- DCHE, o Médico cirurgião plástico, Antônio Joaquim Cortês Fernandes representou a titular da Secretaria Estadual da Saúde, Sandra Fagundes, na solenidade de abertura do IX Congresso Brasileiro de Queimaduras que ocorre na cidade de Gramado, na serra gaúcha. Ao lado da presidente da Sociedade Brasileira de Queimaduras, Maria Cristina do Valle Freitas Serra e demais expoentes da área, Fernandes ressaltou a participação da SES na tragédia de Santa Maria, que foi um marco no Estado para avaliação e adoção de novas estratégias para assistência do paciente queimado com atuação em todas as instâncias na linha de cuidado, desde as dificuldades respiratórias até a  atenção em saúde mental às vítimas do incêndio e seus familiares.
O Ministério da Saúde implantou por meio de Portaria nº 1.273, de 21 de novembro de 2000 os Centros de Referência em Assistência a Queimados no País. Atualmente, o Estado conta com 35 leitos para pacientes vítimas de queimaduras em três hospitais localizados na capital gaúcha. O número de leitos crescerá com a inauguração do Hospital de Santa Maria em 2015, quando disponibilizará mais 10 leitos. 
A SES se faz presente no evento que se estenderá até sábado, 1º de novembro, com um estande onde divulga suas principais ações em Saúde Pública.


Diretor do DCHE Antônio Fernandes em palestra de abertura  no
 IX Congresso Brasileiro de Queimaduras

Dr. Antônio Fernandes

Equipe do DCHE no estande da SES,
Dennis Magalhães, Lia Magalhães e Pedro Deporte.
Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1319 - Cel. 840525093
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Encerradas inscrições no Hospital Psiquiátrico São Pedro

Estão encerradas as inscrições para estágio curricular do Hospital Psiquiátrico São Pedro, nas áreas de psicologia e psicopatologia, para o primeiro semestre de 2015.
Foram recebidas 160 inscrições para o processo seletivo nas diversas unidades do Hospital. No próximo dia 10 de novembro, às 9 horas, os selecionados serão recebidos na Direção de Ensino e Pesquisa pela coordenadora de estágio Lia Rigoni, do historiador Edson Cheiche e o diretor Dr. Fernando Neubarth, onde serão assinados os documentos do estágio. Na oportunidade receberão informações sobre a rotina das unidades onde irão desenvolver suas atividades e um relato da história da criação do Hospital.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Inicia votação para eleger representantes do HPSP

Foram abertas nesta segunda feira, 29 de setembro, no prédio da administração central da Direção Geral do HPSP, as votações para eleger representantes do Hospital nas comissões de promoções de servidores do Plano de Cargos da SES. A votação inicia as 8 horas e encerra as 16 horas. Podem votar os servidores do Quadro Geral da SES(Lei 13417/10), Quadro Geral, Extranumerários, CLT e Técnicos Científicos.
Os que não tem direito a voto são os Contratos Emergenciais, Cargos em Comissão e Adidos(SARH--CAIXA-FUC e MS).

Nominata dos candidatos do HPSP

COMISSÃO GERAL

Agilberto Domingos Carpenedo  ID 1015649/01
Antônio Renato dos Santos  ID 2562618/01
Fernanda Barreto Mieke  ID 3197840/01
Lia Conceição Mineiro de Souza Magalhães  IS 1604597/01
Nirma Carpes da Silva  ID 2422581/01

COMISSÃO SETORIAL

Agilberto Domingos Carpenedo  ID 1015648/1
Alexandre Baptista ID 2445603/1
Alexei Silva Bonetti ID 3528936/1
Antônio Renato dos Santos ID 2562618/1
Cesar Alexandre Guimarães Acosta ID 1877135/1
Julia Maria Quaranta ID 1155393/1
Jurema Abreu Alves Ferreira ID 2438372/1
Lia Conceição Mineiro de Souza Magalhães ID 1604597/1
Nirma Carpes da Silva - ID 2422581/1
Oswaldina Maria de Mesquita Lopes ID 1363530/1
Rosane Coser Westphal  ID 2554313/1
Thaiane Cristini Mai Van Erkelens  ID 3191974/1
Vilma Tessaro de Oliveira ID 2430967/1



sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Hospitais Estaduais participam da IV MOSTRA MUSEOLÓGICA DE HISTÓRIA DA MEDICINA

O Hospital Psiquiátrico São Pedro e o Hospital Sanatório Partenon instituições vinculadas ao Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais Dche, da Secretaria Estadual da Saúde, participam da amostra promovida pela Rede Sul-rio-grandense de Memória da Saúde. A abertura ocorrerá às 19 horas, do dia 29 de setembro, no saguão do Hospital Moinhos de Ventos, Rua Tiradentes, nº 333, bloco B, em Porto Alegre e se estenderá até o dia 30 de outubro. 


Hospital Psiquiátrico São Pedro abre vagas para estágio curricular

Encontram-se abertas, de 26 de setembro a 10 de outubro de 2014, as inscrições para Estágio Curricular 2015, nas áreas de psicologia e psicopedagogia nas Unidades do Hospital Psiquiátrico São Pedro.
O aluno interessado deverá enviar um e-mail para dephpsp@gmail.com para receber a tabela de vagas com o perfil das Unidades e a ficha de inscrição a ser preenchida.
Após processo seletivo realizado em cada Unidade os candidatos selecionados deverão assinar a documentação de estágio, dia 10 de novembro às 9 horas na Direção de Ensino e Pesquisa do HPSP, na Av. Bento Gonçaves, 2460.
Foram enviadas informações do processo seletivo para as secretarias de todas as Universidades que mantem convênio para campo de estágio com o Hospital.
Outros esclarecimentos poderão ser obtidas pelo telefone (51)3336.4425.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Ambulatório de Dermatologia Sanitaria do DCHE da SES/RS recebe premio da Associação Brasileira de Recursos Humanos Nacional

Em cerimônia  realizada nesta quarta-feira, 20, no palco do Transamérica Expo Center, em São Paulo, durante o CONARH 2014 – 40º Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, consolidado como o maior evento do gênero na América Latina e segundo maior do mundo, a Secretaria Estadual da Saúde, por meio do Ambulatório de Dermatologia Sanitária, recebeu o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia, concedido pela ABRH-Nacional, figurando entre as melhores iniciativas na categoria voltada  a Gestão de Pessoas e Responsabilidade Social e Desenvolvimento Sustentável – Organização Cidadã.

O ADS concorreu entre 151 inscritos e foi contemplado entre  os 35 premiados de diversos setores e estados brasileiros apresentando o trabalho: “Promovendo o acesso a testes rápidos de HIV, sífilis, hepatites B e C para pessoas em situação de vulnerabilidade: A experiência pioneira do Centro de Testagem e Aconselhamento do Ambulatório de Dermatologia Sanitária.”
Oferecer o acesso a exames, aconselhamento e diagnósticos em Porto Alegre e região metropolitana são estratégias do CTA de prevenção e cuidado em saúde que reforça e promove a cidadania. O ADS criou em 1988, o primeiro Centro de Apoio Sorológico do Brasil, hoje chamado Centro de Testagem e Aconselhamento que oferece exames para o diagnóstico de HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) sem a necessidade de identificação. Considerado referência no atendimento as populações mais vulneráveis à infecção pelo HIV como travestis, transgêneros, jovens gays, profissionais do sexo, usuários de drogas, portadores de DST e população em situação de rua, foi o primeiro CTA no Rio Grande do Sul a implementar em outubro de 2012, a testagem rápida de HIV, Sífilis, hepatite B e C para todos os seus usuários. Ao serem acolhidas as pessoas fazem o exame, recebem em minutos o resultado, além do aconselhamento com informações sobre as doenças, formas de prevenção, transmissão e tratamento.

 
 
 

Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1156 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

 

 

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Hospital Sanatório Partenon inicia o segundo semestre deste ano com Programa de Integração e Atualização para novos e antigos servidores


Com o objetivo integrar, apresentar e informar sobre as ações e os processos de trabalho, a direção Técnica, por meio da Divisão de Ensino e Pesquisa da instituição, desenvolverá atividades em turnos alternados para possibilitar a participação de todos os servidores nos dias 5 e 6 de agosto, no auditório Werner Paul Ott do Hospital que se localiza na Avenida Bento Gonçalves, 3722, em Porto Alegre.  

O Hospital Sanatório Partenon está vinculado ao Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais(DCHE) da Secretaria Estadual da Saúde(SES) sendo referência no tratamento de casos avançados da Tuberculose. Além de abordar sobre a doença tratará de outros temas que fazem parte do atendimento em que se destaca como HIV/AIDS, hepatites e imunobiológicos especiais.  Confira a programação:

 Dia 05/08/14 - terça-feira

Inicio: 13h30min

Término: 17h

06/08/2014 - quarta-feira

Início: 8h

Término: 11h30min

Palestrantes:

Serviços do HSP – Médica Pneumologista Carla Jarczewski

Tuberculose - Enfª Daniela Wilhelm

Biossegurança - Médica  Infectologista Teresinha Dossin

HIV/Aids - Enfº Antonio Tolla e Assist. Social Ana Lúcia Baggio

Hepatites - Farm. Mônica Leal e Enfª Ângela Heemann

Imunobiológicos Especiais - Enfª Marlene Kuhn
 
 
 
Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1156 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon
 

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Profissionais do Mais Médicos conhecem grupo teatral do projeto São Pedro em Movimento

O grupo teatral Nau da Liberdade, que integra o projeto São Pedro em Movimento, apresentou a peça “O Resgate” a cerca de noventa profissionais do programa Mais Médicos, nesta quarta-feira (09), em Porto Alegre. A iniciativa, surgida do processo de desinstitucionalização dos usuários do Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP), une teatro, música e dança em espetáculos escritos e protagonizados por usuários de serviços de Saúde Mental.
 
“Somos 23 pessoas, entre usuários e trabalhadores do HPSP e residentes da área da Saúde e da Arte”, informa a coordenadora geral do projeto, Fátima Fischer. Entre os usuários que compõem o grupo estão ex-moradores do hospital que hoje vivem em residenciais terapêuticos, usuários que ainda residem em unidades de moradia do hospital, mas que estão em processo de transferência para residenciais, e pessoas acompanhadas por outros serviços da rede. O grupo se reúne para ensaiar três vezes por semana no São Pedro.
 
Apresentação emociona médicos
 
“O Resgate” inicia com o som de um tambor seguido de uma provocação ditada por uma das atrizes: “Que tal um mergulho, um mergulho no fundo do mar?”. Em uma das cenas mais marcantes, dois personagens alcançam um a um de seus colegas de palco por meio de cordas coloridas e os “resgatam” para um abraço, em uma clara referência à importância do afeto no processo do cuidado, princípio defendido pelo grupo. Em outro momento, a história de uma paciente do HPSP apaixonada pela chuva é contada por uma trabalhadora do hospital e arranca aplausos da plateia.
 
“Foi muito emocionante, são verdadeiros artistas”, elogiou o cubano Osmany Matos Reyes, que atua em unidade básica de saúde da Restinga desde novembro de 2013, onde boa parte dos atendimentos são justamente de Saúde Mental. “Criamos um vínculo com esses usuários, que vai além da simples prescrição de medicamentos, com encontros grupais semanais, com a participação de psiquiatra e psicólogo, que estão dando um ótimo resultado. A abordagem em Saúde Mental tem muitas possibilidades e a arte é uma das mais importantes”, afirmou o médico.
Para a também cubana Annia Falcón, na Capital desde novembro de 2013, a vivência artística impacta positivamente sobre a saúde mental. “Essa é uma ideia muito boa e contribui para a integração dos pacientes à sociedade”, disse.
 
São Pedro em Movimento
 
O Nau é uma das ações do projeto São Pedro em Movimento. “Esse projeto tem o objetivo de promover uma transformação na instituição, a partir da abertura de suas portas para a comunidade e da mudança do vínculo dos usuários com o hospital, tornando-o um local de criação, cuidado, autonomia e cidadania”, afirma a diretora do Departamento de Ações em Saúde (DAS) da Secretaria, Károl Cabral.
 
A coordenadora Fátima Fischer lembra que o grupo nasceu em continuidade à proposta do espetáculo “Azul como a Liberdade”, montado a partir de uma residência artística da companhia italiana Accademia Della Follia em Porto Alegre, em 2013. O grupo foi criado em 27 de maio daquele ano.
 
“Fomos contaminados pela fórmula que une técnica e loucura para produzir arte, e que produz também aprendizado, vínculo, subjetividade, sempre em respeito à autonomia de todos os envolvidos”, destaca Fátima.
 
Divulgação no Rio de Janeiro
  
“A Nau da Liberdade vai atracar nos mares do Rio de Janeiro, já estamos preparando as velas”, avisa a coordenadora. Na próxima semana, entre os dias 14 e 20 de julho, o grupo será recebido naquela cidade pela equipe de um projeto similar, o Hotel da Loucura, que transformou uma ala de um antigo hospital psiquiátrico em “hotel” para abrigar iniciativas ligadas à luta antimanicomial e à cura pela arte.
 
 
Fotos: Alina Souza - Palácio Piratini
 
 
Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1156 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

terça-feira, 27 de maio de 2014

Hospitais estaduais realizam II Encontro de Enfermagem

Para marcar o Dia da Enfermagem, comemorado no mês de maio, os hospitais vinculados ao Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE) - Hospital Psiquiátrico São Pedro, Ambulatório de Dermatologia Sanitária, Hospital Sanatório Partenon e Hospital Colônia Itapuã - promoverão nesta quarta-feira (28), o II Encontro de Enfermagem .
Neste ano Atitudes Determinantes da Enfermagem no Sucesso do Tratamento é o temado evento que abordará assuntos importantes como a Sistematização da Assistência de Enfermagem, a legalização da implantação do SAE, Humanização e a adesão ao tratamento.
O evento ocorrerá no auditório do Hospital Sanatório Partenon, situado na Avenida Bento Gonçalves, 3722, em Porto Alegre.
As inscrições são gratuitas feitas no local a partir das 8h30m.

Confira a programação:

8h30 - Credenciamento
9h - Abertura
9h30 - Sistematização da Assistência de Enfermagem
Coordenadora de mesa  Enfª. Soraia Lemos de Siqueira Spuldaro - Hospital Sanatório Partenon (HSP)
Palestrante: Enfª. Leila Ambrosini - Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA)
10h30 - Intervalo
11h - Humanização
Coordenadora de mesa: Enfª. Nirma Carpes - Hospital Psiquiátrico São Pedro(HPSP)
Palestrante: Terapeuta Ocupacional Me. Rosane Schmiedt - Coordenadora da Saúde do Trabalhador do Hospital Psiquiátrico São
Pedro (HPSP)
12h  - Almoço
13h30 -  Legalidade da Implantação do SAE
Coordenadora de mesa  Enfª. Stella Feyh - Ambulatório de Dermatologia Sanitária(ADS)
Palestrante: Enfª Fernanda Rech - Conselho Regional de Enfermagem(COREN)
14h30 -  Adesão
Coordenadora de mesa: Enfª.Salette Wanke - Hospital Colônia Itapuã (HCI)
HPSP Enfª. Vera Santos
HSP Enfª. Vaneza Fontoura  HIV/AIDS
Enfª. Fernanda Delgado e Assist. Social  Jaqueline Ferreira  TB
ADS Enfª. Vera Trevisol  Hanseníase
16h - Coquetel de encerramento


Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1156 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

segunda-feira, 26 de maio de 2014

A Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Psiquiátrico São Pedro alerta sobre Dia Nacional de Combate à Infecção Hospitalar

O Dia Nacional de Combate à Infecção Hospitalar é comemorado no dia 15 de maio, esta data foi instituída pelo Ministério da Saúde para lançar uma reflexão sobre o problema e para destacar ações que contribuem para reduzir a incidência de infecções nas instituições de saúde. 

As Infecções Hospitalares constituem um grave problema de saúde pública, tanto pela sua abrangência como pelos elevados custos sociais e econômicos. Por isso é fundamental que as atividades de prevenção e controle das infecções hospitalares, permaneçam na linha de frente e na base das instituições hospitalares. Cada instituição elabora o seu Programa de Controle de Infecção Hospitalar norteado pelas suas necessidades e especificidades.

A Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Psiquiátrico São Pedro foi criada no dia dezoito de janeiro do ano 2000 e tem como objetivos estabelecer mecanismos e procedimentos para investigação, controle e prevenção das infecções, determinar ações, procedimentos, monitorar as atividades desenvolvidas e interagir com a administração para o apoio. Entre as atividades desenvolvidas em nosso hospital estão a orientação do controle de vetores; a disposição, o acondicionamento e destino dos resíduos sólidos hospitalares; intervenção nos eventos adversos à saúde dos pacientes; atuação em conjunto com outras instituições públicas na divulgação dos programas estaduais e municipais de combate a diversas enfermidades e na higienização hospitalar.

Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1156 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon
 

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Residencias Terapêuticos Martim Bromberg e Paissandu completam um ano de funcionamento

Na última, terça-feira, 20, os Residenciais Terapêuticos Martim Bromberg e Paissandu no bairro Partenon da Divisão de Atenção a Usuários Moradores do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais completaram um ano de funcionamento. Para comemorar a data a equipe e moradores dos residenciais fizeram um almoço de confraternização no Residencial Martins Bromberg onde ser reuniram os sete moradores desta casa e outros sete do Residencial Paissandu. O coordenador do DAUM, Rafael Wolki de Oliveira diz que “neste período os moradores apresentaram melhoras no auto cuidado, na administração da casa e mantém relações de vizinhança estando bem integrados à comunidade o que mostra uma efetiva mudança na condição e qualidade de vida deles”. Ainda, segundo Rafael, estão previstas a abertura de outras cinco casas, três na zona sul e duas na zona norte de Porto Alegre.

A enfermeira Aline Corso que coordena os dois Residênciais afirmou que houve mudança de comportamento dos moradores pela questão do ambiente, de casa de família e das atividades comuns como passear, tomar chimarrão na praça, fazer compras no mercado e ir ao cinema. Por ser um grupo menor, que existia na unidade do Hospital São Pedro, tem melhor acesso ao cuidado, além das sessões de equoterapia e hidroterapia. 

O projeto de residenciais terapêuticos estimula as habilidades individuais e a responsabilidade de cada um na utilização dos espaços, e desenvolvem atividades dentro e fora da instituição ampliando o nível de autonomia e contribuem para o processo de desinstitucionalização dos usuários moradores.







 
 
Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2111 ramal 1156 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon