sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Formatura da 29ª Turma de Residência em Psiquiatria do Hospital Psiquiátrico São Pedro

Foi realizada, na última sexta-feira (27)  a solenidade de formatura da 29ª turma de residência em Psiquiatria do Hospital Psiquiátrico São Pedro. Durante a cerimônia, presidida pelo secretário adjunto da Saúde, Francisco Paz, a diretora do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE), Denise Braga salientou a importânciada revitalização do Hospital São Pedro.  Ela destacou que  é necessária a formação de novos profissionais para o mercado de trabalho que  sejam capacitados na Residência do Hospital, considerada de excelência na área da psiquiatria.

A Residência Médica do Hospital São Pedro é uma modalidade de educação profissional pós-graduada, de caráter interdisciplinar, desenvolvida em ambiente de serviço, mediante trabalho sob supervisão (trabalho educativo). O Programa de Residência Médica (PRM) em Psiquiatria do Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP) foi credenciado junto ao MEC em 1986. Fundamentada na legislação vigente da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) e nos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS), a Residência Médica em Psiquiatria orienta e acompanha atividades de atenção integral à saúde em serviços assistenciais da rede pública (própria, contratada ou conveniada do SUS), promovendo atividades de estudo e reflexão sobre a prática de atendimento e atuação em Atenção Primária à Saúde, Saúde Mental e em Psiquiatria.

Também acompanharam a cerimônia, o Coordenador da Seção de Saúde Mental da SES,  Luiz Coronel, a Diretora da Escola de Saúde Pública, Terezinha Valduga Cardoso, além de diretores do hospital, funcionários e convidados dos formandos.

Texto: Dennis Magalhães
 




Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social

Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais reuniu-se para definir retorno da Residência Multiprofissional no HPSP

A diretora do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais, Denise Jornada Braga se reuniu, na manhã de hoje, com um grupo de técnicos da Secretaria da Saúde, para definir o retorno efetivo da residência multiprofissional no Hospital Psiquiátrico São Pedro. Na oportunidade foram traças as diretrizes de ensino e pesquisa para residencias de todas as unidades. Nesta primeira reunião ficou acertado outros encontros de planejamento com vistas aos próximos anos.
Estiveram presentes à reunião o diretor adjunto do DCHE, Luiz Carlos Pinto Sobrinho,  o assessor para Assuntos Interinstitucionais e Comunitários do DCHE, Raul Torelly Fraga, o diretor da Direção de Ensino e Pesquisa do HPSP, Gustavo Antônio de Paiva Soares, o coordenador da Divisão de Atenção a Usuários Moradores(DAUM), Ubirajara Brites, a diretora da Escola de Saúde pública, Teresinha Valduga Cardoso, a coordenadora geral da Residência Integrada em Saúde(RIS), Eloá Rossoni, o coordenador administrativo da ESP, Luiz Henrique Esteves, a psicóloga, Claudia Cruz da ESP, o artista plástico Marco Lucaora e a pedagoga Rosemari Reinhardt.


Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social

Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

Escola de Samba visita o Hospital Sanatório Partenon


Com o samba-enredo na ponta da língua os participantes do bloco Protegidos de São José composto por 20 integrantes entre pacientes e funcionários do Hospital Sanatório Partenon fizeram a apresentação aos componentes da Escola de samba Imperatriz Leopoldina de Porto Alegre que sambaram com suas baianas, porta bandeira e mestre sala e o estandarte da escola que desfilaram no pátio da Instituição ao som da Chocobanda, bateria formada por pacientes que compuseram o samba-enredo homenageando os 64 anos do Hospital, completados em janeiro deste ano
Esta atividade faz parte do plano terapêutico institucional visando incentivar as pessoas que desenvolvem a doença a seguirem o esquema correto e necessário para o sucesso do tratamento da tuberculose e a obtenção da cura.








Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social

Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Pacientes e funcionários do Hospital Sanatório Partenon, em clima de carnaval, fazem campanha para o correto tratamento da Tuberculose

Como parte do plano terapêutico institucional, pacientes e funcionários do Hospital Sanatório Partenon criaram o bloco “Protegidos de São José”. O grupo com 20 integrantes, apresenta a “Chocobanda”, bateria formada por pacientes que compuseram um samba-enredo homenageando os 64 anos da instituição, completados em janeiro deste ano, e incentiva as pessoas que desenvolvem Tuberculose a seguirem o esquema correto para o sucesso do tratamento e a obtenção da cura.

A adesão ao tratamento, que dura de seis meses a um ano, é o maior problema enfrentado na luta contra a Tuberculose. Com o avanço dos medicamentos, a política de tratamento à TB mudou tornando fácil o acesso e dispensando os medicamentos gratuitamente nos postos de saúde da rede pública. Mesmo com os avanços, a maior dificuldade para a cura da doença é a continuidade na administração dos medicamentos até o fim do tratamento.

Multirresistente é um esquema complicado. Se tu não tratar ele, fica feio pro teu lado...”, é parte da estrofe do samba que adverte sobre as consequências da irregularidade do tratamento mantendo o portador com a doença e o tornando permanente fonte de contágio por transferir o Bacilo  de Koch, transmissor da doença, através do ar  por meio da tosse, fala ou espirro. A falta de adesão leva ainda, à resistência medicamentosa e à recidiva da doença trazendo dificuldades ao processo de cura aumentando o tempo e o custo do tratamento.   
O Hospital Sanatório Partenon, órgão vinculado à Secretaria Estadual da Saúde, foi o primeiro hospital do Rio Grande do Sul destinado ao tratamento da Tuberculose e continua sendo referência estadual no atendimento desde sua fundação em 1951.

 
Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais

Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron
 
 
 
 
 
 
 

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Tomam posse os diretores da Divisão de Atenção ao Usuário Morador e Direção de Ensino e Pesquisa do Hospital Psiquiátrico São Pedro

 
Foto: Dennis Magalhães
Na manhã desta terça-feira,10, no prédio do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais(DCHE) da Secretaria Estadual da Saúde(SES) foram empossados os servidores Ubirajara Gorski Brites  e Gustavo Antônio de Paiva Soares como diretores da Divisão de Atenção ao Usuário  Morador (DAUM) e Direção de Ensino e Pesquisa(DEP) respectivamente, do Hospital Psiquiátrico São Pedro.
Foto: Dennis Magalhães
O novo titular do DAUM, Ubirajara Brites, há 40 anos atua na Secretaria Estadual da Saúde. Educador físico com formação e experiência em saúde coletiva, já atuou na direção do HPSP como diretor administrativo e de ensino e pesquisa e passa agora a coordenar os Serviços Residenciais Terapêuticos: Morada São Pedro e Morada Viamão e demais casas que integram os serviços. Os Residenciais buscam a promoção da saúde, resgatando a identidade, autonomia e a reinserção social preconizados pelo SUS.
          

Foto: Dennis Magalhães
O médico psiquiatra e psicanalista, Gustavo Antônio de Paiva Soares, também servidor da SES, presidente do Centro de Estudos Psicanalíticos de Porto Alegre e coordenador do  Programa de Psicoterapia do Ambulatório Melanie Klein,  já atuou nos hospitais estaduais como diretor de Ensino e Pesquisa do HPSP e como diretor do DCHE.         
 
O coordenador do Programa da Saúde Mental da SES, Luiz Carlos Illafont Coronel, ao registrar a importância dos serviços e direções do Hospital São Pedro, ressaltou que o indispensável para a saúde pública se concentra na assistência com atendimento bom e qualificado para o doente lembrando que   a condição técnica e humana é fundamental.
A diretora do DCHE, Denise Jornada Braga pontuou que o propósito da gestão no Hospital Psiquiátrico São Pedro é garantir a desinstitucionalização que legalmente é proposta num caminhar progressivo fundamentado na responsabilidade, no cuidado e na humanidade das ações. “O Hospital São Pedro merece reafirmar sua importância no cenário da saúde mental  já que  é exemplo para todo o país na assistência à desintoxicação, à esquizofrenia e outras patologias psíquicas”. No ensino e Pesquisa, Denise enfatizou a estatística apresentada pela Residência Médica ao influenciar tecnicamente na escolha dos profissionais em permanecerem na saúde pública. O público formado em maioria pelos servidores do HPSP, vibrou ao ouvir: “A Residência Multiprofissional  deverá ser restabelecida no Hospital psiquiátrico São Pedro com a máxima brevidade para que, a exemplo da Residência Médica, outros profissionais devam se beneficiar com a formação dentro do São Pedro”.


Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais

Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052509
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Parteron