quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Serviço de Educação Física do HPSP será homenageado pela Câmara de Vereadores de Porto Alegre

O Serviço de Educação de Física do Hospital Psiquiátrico São Pedro será homenageado pela Câmara Municipal de Porto Alegre por seus 40 anos de atuação em benefício dos pacientes da Instituição. O evento integra a Semana da Educação Física de Porto Alegre que ocorrerá no dia primeiro de setembro, às 14h, no Plenário Ana Terra da Câmara.

Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Moradores do Hospital Psiquiátrico São Pedro e de Residencial Terapêutico participam de oficina que tem o céu como tema.

Na segunda-feira, 24, o “Céu Diurno” foi apresentado, analisado e trabalhado por pacientes psiquiátricos, moradores das Unidades do Hospital Psiquiátrico São Pedro e de Residenciais Terapêuticos, em oficina promovida por equipe do Planetário Professor José Baptista Pereira da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em parceria com  a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) como projeto do curso de Especialização e Acessibilidade Cultural  do Departamento de Terapia Ocupacional. 
Fotos: Dennis Magalhães
Na Casa da Praça, Residencial Terapêutico situado na Praça Alfred Sehbe, Bairro Ipiranga, em Porto Alegre, a    Terapeuta Ocupacional Daniela Osório Neves e a Física Maria Helena Steffani, Mestre em Física e Doutora em Ciências (Física Nuclear), diretora do Planetário,  trabalharam com um grupo de 15 pacientes. Os moradores puderam observar o sol por meio de filtro especial recebendo informações e curiosidades sobre a estrela e conheceram as diferentes fases da lua. Pôsters, imagens impressas e questionamentos como “o que vemos no céu?”, “porque o céu é azul?” estimularam debates. Papéis, canetas, lápis coloridos, gizes de cera, espelho, globos lunar, terrestre e noturno ficaram disponíveis para que os pacientes pudessem desenvolver dinâmicas e representar diferentes elementos como   lua, estrelas, nuvens, chuva, pássaros, arco-íris durante a oficina.  Foram usados também sistemas de áudio, com a música “As Pastorinhas” de Silvio Caldas, e vídeo com “Kika- De onde vem o dia e a noite?” da TV Cultura. 





O objetivo do projeto, segundo Daniela é aproximar a arte e a cultura, acessibilizando a linguagem científica através da astronomia que é um tema que encanta a todos.


Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais promove capacitação de servidores dos hospitais estaduais

O Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE) da Secretaria Estadual da Saúde (SES) em parceria com o Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre(SINDIHOSPA), promoveu na manhã desta quarta,26, no auditório do Hospital Psiquiátrico São Pedro, o curso de Humanização no Atendimento ao Cliente em Serviços de Saúde.
Fotos: Dennis Magalhães
Segundo o diretor do DCHE, Luiz Carlos Pinto Sobrinho, a iniciativa faz parte da estratégia de gestão em qualificar os servidores propiciando uma permanente  capacitação e atualização para um atendimento cada vez mais qualificado e humanizado às pessoas que utilizam os serviços no HPSP, Ambulatório de Dermatologia Sanitária, Hospital Sanatório Partenon e Hospital Colônia Itapuã,  instituições  vinculadas ao Departamento. 
Durante o curso serão abordados os conteúdos de atendimento humanizado, apresentação social, comunicação, postura profissional, trabalho em equipe e ética. Os encontros com carga horária de 4 horas serão divididos em duas datas, 26 de agosto e 02 de setembro, das 8h30 às 12h30, no auditório do Hospital Psiquiátrico São Pedro.


Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Hospital Psiquiátrico São Pedro inaugura Centro de Estudos e Pesquisa.

Na manhã desta terça, 25, no Serviço de Admissão e Triagem(SAT) do Hospital Psiquiátrico São Pedro foi inaugurado o Centro de Estudos e Pesquisa Irmã Paulina destinado ao estudo de casos e debates buscando fomentar o ensino médico sustentando a tradição e o desempenho do São Pedro na psiquiatria do Rio Grande do Sul. O nome atribuído ao Centro é uma homenagem a Irmã Paulina, da congregação das Irmãs de São José que há 64 anos exerce seu apostolado na instituição com o cuidado dos pacientes.
Fotos: Dennis Magalhães

O diretor do SAT, o médico Luiz Alberto Grossi afirmou que os melhoramentos do São Pedro com a espaço destinado ao estudo de casos e pesquisa , o acolhimento especializado na psiquiatria e o aprimoramento dos serviços vêm mostrar uma nova imagem do Hospital. Segundo o diretor médico do HPSP, Robert Shmulerg, a instituição para ser grande precisa ter história e renovação: “o olhar para o futuro vai fazer o HPSP permanecer vivo”. O diretor técnico do Hospital, Gilberto Brofman, ressaltou a importância da Irmã Paulina na instituição e no tratamento dos pacientes:"a medicina com afeto fica completa porque se torna humana.” A placa inaugural foi descerrada pelo diretor do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE), Luiz Carlos Pinto Sobrinho, o diretor técnico , Gilberto Brofman, o diretor de Ensino e Pesquisa do HPSP, Gustavo de Paiva Soares e a religiosa homenageada que abençoou a todos que prestigiaram o evento pedindo perseverança na psiquiatria.




































Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Moradores do Hospital Psiquiátrico São Pedro e de Residencial Terapêutico participam de oficina que tem o céu como tema.

Na próxima segunda-feira, 24, a partir das 14h, o “Céu Diurno” será apresentado, analisado e trabalhado por pacientes psiquiátricos, moradores das Unidades do Hospital Psiquiátrico São Pedro e de Residenciais Terapêuticos, em oficina promovida por equipe do Planetário Professor José Baptista Pereira da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em parceria com  a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) como projeto do curso de Especialização e Acessibilidade Cultural  do Departamento de Terapia Ocupacional.

Na Casa da Praça, Residencial Terapêutico situado na Praça Alfred Sehbe, Bairro Ipiranga , em Porto Alegre, a    terapêuta  Ocupacional Daniela Osório Neves   Maria Helena Steffani, Mestre em Física e Doutora em Ciências (Física Nuclear), diretora do Planetário,  trabalharão com um público de até 20 pacientes. Os moradores  poderão observar o sol por meio de filtro especial recebendo informações e curiosidades sobre a estrela e conhecerão as diferentes  fases da lua. Pôsters, imagens impressas e questionamentos como “o que vemos no céu?”, “porque o céu é azul?” estimularão debates. Papéis, canetas, lápis coloridos, gizes de cera, espelho, globos lunar, terrestre e noturno  ficarão disponíveis  para que os pacientes possam desenvolver dinâmicas e  representar diferentes elementos como   lua, estrelas, nuvens, chuva, pássaros, arco-íris durante a oficina.  Serão usados também sistemas de áudio, com a música  “As Pastorinhas” de Silvio Caldas, e vídeo  com “Kika- De onde vem o dia e a noite?” da TV Cultura.
O objetivo do projeto, segundo Daniela é aproximar a arte e a cultura, acessibilizando a linguagem científica através da astronomia que é um tema que encanta a todos.

Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Hospital Psiquiátrico São Pedro promove conferência em conjunto a outras entidades

A Coordenação de Saúde Mental do RS, o Hospital Psiquiátrico São Pedro, a Escola de Saúde Pública do RS, a Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, o Centro de Estudos José de Barros Falcão e a Associação Mário Tannhauser de Ensino, Pesquisa e Assistência (AMTEPA) promoveram a conferência do Dr Jorge Alberto Salton, professor de psiquiatria da Universidade de Passo Fundo, da Faculdade de Medicina do INMED e da nova Faculdade de Medicina Federal, sobre "O maniqueísmo em nossas vidas - a bondade dos maus, a maldade dos bons", que aconteceu no dia 15/08 no Anfiteatro do Hospital Psiquiátrico São Pedro. A simpatia, o bom humor e a competência científica do conferencista, encantou a todos, tanto que desde já recebeu vários convites para retornar e proferir novas palestras em Porto Alegre e no interior.



O anfiteatro esteve completamente cheio de operadores do campo da saúde e da psiquiatria e saúde mental em particular. Lá estiveram estagiários, residentes, professores, autoridades as mais diversas.
Uma amostra pequena é revelada através da foto acima, onde se encontram: Elson Buttenbender Farias, coord. do DAS/SES, Terezinha, dir. ESP/SES, Luiz Carlos Illafont Coronel, coord. SM/DAS/SES, João Gabbardo Dos Reis, secretário da saúde RS, Jorge Alberto Salton, conferencista, Gilberto Brofman, dir. HPSP/SES, Ubirajara Gorski Brites, coord. SRT/DCHE/SES, Alceu Gomes Correa Filho, importante liderança psiquatra.

Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon


terça-feira, 11 de agosto de 2015

Hospital Psiquiátrico São Pedro participa da 43ª edição do Festival de Cinema de Gramado

O Festival de Cinema de Gramado ganhou visitantes especiais na edição deste ano. Pacientes do Hospital Psiquiátrico São Pedro e de outras instituições viajaram de Porto Alegre para a cidade da serra gaúcha no sábado (8) especialmente para a exibição do filme “Arte da Loucura”, em que eles são os personagens principais. A produção está na disputa do Prêmio Assembleia Legislativa, a ser entregue na noite deste domingo (9).
Além de subir ao palco do Palácio dos Festivais, o grupo ainda passeou por pontos turísticos do município e tomou um café colonial. Os 15 pacientes que foram ao evento fazem parte do grupo teatral Nau da Liberdade, que existe há mais de dois anos. São 21 integrantes, entre trabalhadores da área da saúde e pessoas em tratamento no São Pedro ou em outras instituições da rede pública da capital. Eles ensaiam três vezes por semana e fazem apresentações que unem teatro, música e dança.
O trabalho foi filmado durante três meses em 2013 e originou o curta exibido no sábado (8) na 43ª edição Festival de Cinema. “A gente ia ao menos uma vez por semana no São Pedro acompanhar o trabalho deles. Sem interferir no processo. É um documentário que usa elementos do teatro para dentro do cinema”, destacou uma das diretoras de “Arte da Loucura”, Karine Emerich.
O projeto Nau da Liberdade começou pela vinda de atores italianos da companhia “Accademia della Follia”, que estiveram em Porto Alegre para uma residência artística. Eles iam ao Hospital Psiquiátrico São Pedro cinco dias por semana para ensaiar o primeiro espetáculo do grupo, chamado “Azul como a Liberdade”. Desde o dia 27 de maio de 2013, o trabalho não parou mais.
Marlon Bastos Farias, de 32 anos, é um dos integrantes do grupo teatral que participou do passeio a Gramado. Ele faz tratamento psiquiátrico na rede pública de saúde de Porto Alegre há 10 anos. Animado, contou que os espetáculos ajudam a lidar com as emoções.
“É muito importante para mim, fico entrosado com as pessoas. É se comunicar, colocar os sentimentos para fora, colocar os anseios. Tirar as coisas ruins”, conta Marlon, que faz parte do projeto há um ano e meio e já se apresentou em cidades como São Lourenço do Sul, Alegrete, Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, além de Curitiba, no Paraná.
O grupo encerrou a visita a Gramado por volta de 19h30 de sábado (8), quando o ônibus lotado partiu para Porto Alegre. Agora, eles aguardam o resultado da premiação. Além de “Arte da Loucura”, estão na disputa outros 18 curtas.

Texto e fotos: Paula Menezes do G1 RS em Gramado.



Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon