quarta-feira, 29 de junho de 2016

Hospital São Pedro completa 132 anos

Nesta quarta-feira, 29 o Hospital Psiquiátrico São Pedro reuniu pacientes, moradores e servidores no Ginásio de Atividades Múltiplas (Gigantinho) da instituição para comemorar seu aniversário de 132 anos.
O diretor do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais, Luiz Carlos Pinto Sobrinho e o diretor Administrativo do Hospital, Tailor Massuco, acompanhados pelos moradores representando cada uma das Unidades de moradia da instituição apagaram as velinhas do bolo preparado especialmente para a festa. Com caprichada decoração junina, a tradicional festa de aniversário do hospital contou com São Pedro e São João, caracterizados por duas servidoras que animaram a festa.
Com nome de Hospício São Pedro, o HPSP foi inaugurado em 1884, época do Brasil Império, baseado nos princípios de isolamento do alienista Jean-Etiénne Dominique Esquirol que defendia o afastamento do paciente das causas que o levaram à loucura inseridas no convívio social. O espaço terapêutico e organizado deveria apresentar condições capazes de oferecer tranquilidade e qualidade de vida ao alienado. A abundância de recursos naturais que dispunha para oferecer a qualidade de vida desejada, não foram suficientes para afastar o Hospital do grande problema da superlotação que viria enfrentar durante muitas décadas.
Com o passar do tempo e buscando alinhar-se às novas políticas de saúde, em especial da Reforma Psiquiátrica, foi estrategicamente encontrando soluções para atuar e fortalecer as políticas de saúde mental. Com um corpo técnico especializado, o Hospital São Pedro permanece como referência no atendimento em saúde Mental no Estado do Rio Grande do Sul oferecendo inúmeros programas em psiquiatria e principalmente, agregando ações de ensino e pesquisa que o faz ser um importante campo de produção de conhecimento na saúde mental. 

Hoje, o Hospital São Pedro possui seis unidades de moradia com 141 moradores, seis unidades que oferecem 120 leitos para tratamentos temporários, incluindo para crianças e adolescentes e 64 moradores nos Residenciais Terapêuticos.




Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

segunda-feira, 27 de junho de 2016

132 anos do Hospital Psiquiátrico São Pedro

Na próxima quarta-feira, 29, o Hospital Psiquiátrico São Pedro completará 132 anos de fundação.
A data será comemorada, das 9h30 às 11h30, com uma tradicional Festa Junina no Pavilhão de Atividades Múltiplas (Gigantinho) da instituição.
Inaugurado em 1884, com o nome de Hospício São Pedro em homenagem ao padroeiro da Província de São Pedro, no período do Brasil Império, o primeiro hospital psiquiátrico da província e de Porto Alegre foi criado de acordo com os princípios de isolamento do alienista Jean-Etiénne Dominique Esquirol que defendia o afastamento do paciente das causas que o levaram à loucura inseridas no convívio social. O espaço terapêutico e organizado deveria apresentar condições capazes de oferecer tranquilidade e qualidade de vida ao alienado.
O Hospital centenário veio buscando adequar-se às políticas de saúde mental ao longo dos anos permanecendo até hoje como Referência Estadual na assistência ao desenvolver inúmeros programas em psiquiatria agregando principalmente, ações de ensino e pesquisa que o faz manter-se como um importante campo de produção de conhecimento na saúde mental do Rio Grande do Sul
.
   


Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Corpo técnico do Hospital São Pedro recebe capacitação em Neuropsicologia

Em convênio com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), o Hospital Psiquiátrico São Pedro capacita seu corpo técnico em Neuropsicologia habilitando para análise do comportamento e as disfunções cognitivas, ou alterações cerebrais que afetam a cognição, capacidade de entendimento e assimilação mental. A intenção, segundo o diretor técnico da instituição, o médico psiquiatra Gilberto Brofman, é após a capacitação, os técnicos desenvolverem os conhecimentos de imediato e estabelecer o ambulatório em neuropsiquiatria no Hospital São Pedro. A capacitação está sendo realizada em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Escola de Humanidades da PUCRS através da Prof. Rochele Paz Fonseca, da aluna de pós-doutorado Renata Kochhann e da aluna de mestrado Maila Rossato Holz e tiveram início no mês de junho e se estenderão até o final de agosto.


Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

Hospital são Pedro é locação para o vídeo dos Grupos de Dança do 34º Festival de Dança de Joinville

O Hospital Psiquiátrico São Pedro é um dos locais de gravação do vídeo produzido pela Octo Produtora do Grupo RBS para a divulgação dos grupos de dança selecionados para o Festival de Dança de Joinville.

Na tarde desta quinta-feira, 16, bailarinos e equipe de profissionais em cinegrafia ocuparam um dos pátios internos hospital para a filmagem de coreografia selecionada que concorrerá no festival. O maior festival de dança do Brasil, em sua trigésima quarta edição, ocorrerá de 20 a 30 de julho em Joinville, no estado de Santa Catarina.

O Hospital São Pedro e o Hospital Colônia Itapuã, com suas antigas arquiteturas, têm se destacado há mais de uma década como espaços para produções fotográficas e cinematográficas, servindo de cenários para destacados trabalhos da cultura gaúcha. Os espaços são cedidos sem ônus para as produções com a seleção e supervisão da Assessoria de Comunicação Social do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais da Secretaria Estadual da Saúde. Este trabalho teve início em 2001, com locação no Hospital Colônia Itapuã do filme curta-metragem “Quando Jesus falou Português”, dirigido por Aristides Carvalho e Gina O’Donell, tendo como protagonista o ator Roberto Birindelli na primeira edição da produção das Histórias Curtas da RBS TV. Depois desse, muitos outros trabalhos de destaque com diretores reconhecidos como Tabajara Ruas -Neto perde Sua Alma ,2001; Os Senhores da Guerra (2013)- e Carlos Gerbase -Menos Que Nada, 2012 – foram filmados nos hospitais estaduais. Atualmente, em cartaz na sala Paulo Amorim da Casa de Cultura Mário Quintana, dirigido pelo antropólogo Mário Eugênio Saretta, está sendo exibido o último roteiro filmado no Hospital São Pedro que serviu não só como locação, mas foi tema do documentário sobre os trabalhos desenvolvidos na Oficina de Criatividade, local onde são realizados trabalhos terapêuticos de arte com os pacientes do Hospital. 


No final do ano de 2015, as áreas internas dos prédios históricos foram interditadas para a continuidade da obra de restauração do primeiro pavilhão e devido às condições precárias do segundo ao sexto pavilhão, mas as áreas externas permanecem disponíveis para as locações.

As solicitações para locações são encaminhadas ao DCHE da SES pelo e-mail acshospitais@saude.rs.gov.br .






Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Epidemia de Cores em debate

O documentário Epidemia de Cores em exibição na Sala Paulo Amorim da Casa de Cultura Mário Quintana, produzido no Hospital Psiquiátrico São Pedro da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul, foi o vencedor entre 67 longas-metragens brasileiros inscritos para um edital de distribuição da Taturana Mobilização Social e da Kinorama com cinco exibições em salas dos circuitos Itaú Cinemas, Cinespaço e Cinearte.
Serão no mínimo 50 exibições em circuito de difusão social alternativo pelo redor do Brasil, que formarão uma rede de exibição do filme em centros culturais, cineclubes, escolas, organizações e instituições sociais, pontos de cultura, universidades, coletivos, praças, e ainda com contrato de distribuição na plataforma de Video On Demand no portal Sofá Digital.
Após a sessão da ultima terça-feira, 7, houve um debate com a participação do diretor do Departamento de Ensino e Pesquisa do Hospital São Pedro, psiquiatra Gustavo de Paiva Soares, da coordenadora da Oficina de Criatividade, psicóloga Barbara Neubarth, do psicanalista Gley Costa e do titular do departamento de psicanálise e psicopatologia da UFRGS, Edson Souza.
O filme segue em cartaz por mais uma semana a convite da Casa de Cultura Mário Quintana, no horário das 19h30 até o dia 15 de junho.







Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Profissionais ajudam jovens na escolha da profissão

Assessoria de Comunicação Social dos Hospitais Estaduais participou da Jornada Profissional do Colégio Murialdo, apresentando as atividades desenvolvidas pelos profissionais da Assessoria do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais da Secretaria Estadual da Saúde.


Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon


Estréia do documentário Epidemia de Cores do HPSP


Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro é tema do documentário Epidemia de Cores com estreia prevista para esta semana

Com estreia marcada para o dia 02 de junho, terça-feira, na sala Paulo Amorim da Casa de Cultura Mário Quintana, o documentário Epidemia das Cores apresentará o trabalho desenvolvido pelos moradores e ex- pacientes do Hospital São Pedro que participam da Oficina de Criatividade expressando suas emoções através da arte em diversas modalidades como pintura, escultura, bordado e escrita criativa.

Para desenvolver o roteiro do filme, o diretor, o antropólogo Mario Saretta acompanhou durante dois anos os trabalhos realizados na instituição.

No dia 07 de junho, o diretor de Ensino e Pesquisa do Hospital São Pedro, psiquiatra Gustavo de Paiva Soares e a coordenadora da Oficina de Criatividade, psicóloga Barbara Neubarth, estarão participando às 19h30 de sessão comentada do filme. O debate contará também com a presença do psicanalista Gley Costa e do psicólogo titular do departamento de psicanálise e psicopatologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Edson Souza.


O filme seguirá em cartaz até o dia 08 de junho, com sessão diária às 19h30.




Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

Ponto eletrônico registra frequência dos servidores do DCHE

Após o cadastramento biométrico dos servidores, ajustes e testes nos equipamentos eletrônicos durante o mês de maio, começou nesta quarta-feira, 01, efetivamente o funcionamento do ponto eletrônico que fará o registro da presença e controle da carga horária dos servidores do Hospital Psiquiátrico São Pedro e do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais.



Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp. 84052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon