sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

O HOSPITAL SANATÓRIO PARTENON PROMOVE FESTA DE NATAL PARA GESTANTES INFECTADAS PELO VÍRUS HIV E CRIANÇAS QUE FAZEM O ACOMPANHAMENTO E TRATAMENTO NA INSTITUIÇÃO.

Na manhã desta quarta-feira, 20, a área externa do Hospital Sanatório Partenon, localizado na Avenida Bento Gonçalves da Capital recebeu uma decoração diferente com brinquedos infláveis, balões e muita música para animar a festa de Natal de gestantes portadoras do vírus HIV em tratamento e para crianças acompanhadas pelo Serviço de Atenção Terapêutica (SAT) da instituição.
O SAT, com um sistema ambulatorial, realiza atendimento integral em consultas multiprofissionais para gestantes que vivem com HIV referendadas pela Rede de Atenção Básica dos municípios do Rio Grande do Sul além da Capital com assistência para Região Partenon e Lomba do Pinheiro. Segundo a médica pediatra, Marlova Gomes, o SAT atende, em média, 160 crianças mensalmente, de zero até os dois anos de idade, quando recebem alta do tratamento. Destes pequenos pacientes, 120 não estão infectados, mas foram expostos ao vírus, o que demanda um acompanhamento, e outros 40 são portadoras do HIV.
Segundo o médico obstetra Fernando Rocha de Oliveira, o SAT atende em média 80 gestantes mensalmente. Com um convênio firmado entre o Sanatório Partenon e o Hospital São Lucas da PUC/RS, 90% das gestantes que são atendidas no HSL e confirmadas como portadoras do vírus, são encaminhadas para o HSP onde será desenvolvido o acompanhamento terapêutico da mãe e do bebê.



Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon
Telefones: (51) 3339.2111 ramal 1309 e 1319 - Celular/whatsapp (51) 984052509


quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

O HOSPITAL SÃO PEDRO REALIZA FEIRA DE NATAL

O som do sino badalado pela Mamãe Noel, servidora Rosa Matias, anunciou a abertura oficial da tradicional Feira de Natal do Hospital Psiquiátrico São Pedro nesta quarta-feira, 20, localizada na entrada principal da instituição.
Artesão servidores e parceiros da comunidade do bairro Partenon tiveram a oportunidade de expor seus trabalhos artesanais e comercializar os produtos que foram apreciados pelo público passante formado por funcionários da própria instituição e visitantes. As Associações dos Funcionários do Hospital São pedro (Afuspe) e Amigos da Memória do Hospital Psiquiátrico São Pedro (AMeHSP) mais uma vez ocuparam bancas da Feira participando do evento em todas as suas edições.













Fotos Dennis Magalhães



Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon
Telefones: (51) 3339.2111 ramal 1309 e 1319 - Celular/whatsapp (51) 984052509

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

HOSPITAL COLÔNIA ITAPUÃ REALIZA CAPACITAÇÃO PARA PROMOVER A SEGURANÇA DO PACIENTE

Durante manhã e tarde desta segunda-feira, 11, o Hospital Colônia Itapuã reuniu 52 servidores e trabalhadores entre enfermeiros, técnicos, cuidadores e auxiliares em uma capacitação que visou aprimorar o cuidado e promover a segurança do paciente. A capacitação foi ministrada pela equipe do Núcleo de Vigilância de Estabelecimentos de Saúde do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS)
Baseados no Programa Nacional de Segurança do Paciente elaborado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e a partir dos protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS) e Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa) foi instituído o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) no Hospital Colônia Itapuã com sete profissionais, sendo cinco enfermeiros e dois farmacêuticos tendo como principal função a identificação de falhas e a diminuição ou eliminação dos eventos adversos, considerados pela OMS , como incidentes que podem causar danos não intencionais decorrentes da assistência.
Para a coordenadora de Enfermagem do HCI, Claudia Regina Arruda da Silva, “é importante que todos os profissionais e funcionários terceirizados do Hospital, que têm alguma interface com os pacientes, devam estar atentos para subsidiar o Núcleo notificando os problemas, os chamados eventos adversos”. Esta característica é imprescindível para a composição adequada do Núcleo que deve ser composto por uma equipe multiprofissional, com ações dedicadas à gestão da segurança; desenvolver e implementar uma cultura de segurança que perpasse por atitudes, crenças e percepções das equipes de saúde, com atuação mútua entre os profissionais; além de fomentar melhoria dos processos de cuidado por meio da gestão de protocolos e fluxo de notificação de eventos.
O principal evento adverso que foi observado pelo NSP do HCI está relacionado a dispensação dos medicamentos aos pacientes. A população do hospital é caracterizada por ser composta por idosos, que além dos problemas psiquiátricos, apresenta problemas clínicos crônicos como diabetes e hipertensão graves. Exige assim, uma carga grande de dispensação de medicamentos ficando sujeita a algum erro durante o processo. Buscando solucionar este problema o HCI firmou um convênio com a farmácia do Hospital Sanatório Partenon (Hospital que integra o mesmo Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais da Secretaria Estadual da Saúde) para propiciar, por meio de um equipamento apropriado, a unitarização dos comprimidos e medicamentos evitando equívocos na administração dos mesmos.
A diretora do HCI, médica Psiquiatra Marilia Kraemer Gehler justifica a implantação do Núcleo de Segurança do Paciente como sendo uma iniciativa que busca colocar o Hospital em sintonia com a legislação podendo vir a ser submetido a avaliação e qualificação pelos órgãos competentes: “A Assistência em saúde, seja qual for e onde for, deve atuar submetida `a uma fiscalização e o primeiro atributo para a garantir a qualidade na atenção seria a segurança,” afirmou.


Fotos: Dennis Magalhães


Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Aposentados realizam o 20º Encontro no Hospital Psiquiátrico São Pedro

O momento de rever antigos colegas e contar as novidades da vida aconteceu na sexta-feira, 01, no Hospital Psiquiátrico São Pedro. Foi a confraternização dos aposentados na vigésima edição que reuniu 88 ex-servidores no galpão crioulo da instituição. Na festa o tradicional concurso para a escolha da Rainha dos Aposentados e Miss Simpatia animou os participantes. Voluntariamente dez candidatas desfilaram e se apresentaram para a comissão julgadora composta por servidores, entre eles o diretor administrativo do HPSP, Tailor Massuco, que elegeram como Rainha, Jenoefa Soturiva, servidora durante 30 anos no São Pedro, nas funções de costura, reabilitação e enfermagem; e como Miss Simpatia, Jussara Terezinha da Silva, que permaneceu durante 35 anos na instituição.






Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Servidoras dos Hospitais Estaduais participam de curso de defesa pessoal.

Na manhã desta quarta-feira, 22, mais de 60 servidoras dos Hospitais Estaduais vinculados ao Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE), participaram do Curso de Defesa Pessoal para Mulheres, ministrado pelo professor de educação Física, Marcelo Opelt Xavier, coordenador do Instituto Superação. A atividade foi uma parceria com os Hospitais Estaduais e o Sindicato dos Profissionais de Educação Física a convite do Educador Físico Ubirajara Brites, Diretor dos Residenciais Terapêuticos do Hospital Psiquiátrico São Pedro que coordenou a ação. Segundo o professor Brites “o curso visa proporcionar às mulheres, que é o grupo mais vulnerável, a possibilidade de crescimento pessoal, proteção e principalmente a prevenção da agressão”.O profissional lembra também que este curso facilita a proteção das profissionais para o manejo com os pacientes evitando situações de investidas físicas.
Devido a grande procura na primeira edição do curso com vagas limitadas, a DRTs do HPSP já pensa na possibilidade da realização de outras edições para as profissionais do DCHE.





Fotos: Dennis Magalhães

Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Hospital psiquiátrico São Pedro realiza evento dedicado à Consciência Negra

O Hospital Psiquiátrico São Pedro, por meio do Grupo Consciência negra: Ancestralidade e Resistência da instituição, promoverá atividades que integram a 3ª Semana da Consciência Negra, neste ano intitulada, Juliano Moreira em homenagem ao médico negro, psiquiatra que se destacou como pai da psiquiatra brasileira. Na próxima segunda-feira, 20, dia dedicado a reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira, foi elaborada uma programação para discutir “O Universo Negro”, no Ginásio de Atividades Múltiplas (Gigantinho) do HPSP, e na terça, 21, uma série de atividades culturais e oficinas de origem afro tomarão conta dos espaços do Hospital. O evento é aberto a participação gratuita dos interessados. Confira a programação:
Arte: Lia Magalhães

Arte: Lia Magalhães
Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Hospital Psiquiátrico São Pedro promove atividades comemorativas ao Dia da Consciência Negra

Arte: Lia Magalhães
Arte: Lia Magalhães

Dennis  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Curso de defesa pessoal para as mulheres dos Hospitais Estaduais


Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Sanatório Partenon comemora o Dia do Servidor Público

Para comemorar o Dia do Servidor Público, o Hospital Sanatório Partenon estará promovendo, por meio do Programa da Saúde do Servidor desenvolvido na instituição, três dias de atividades (24 a 27) buscando favorecer o convívio entre os servidores conforme programação:

24 DE OUTUBRO - TERÇA-FEIRA

9:30h
Dança Circular
Local: Frente ao galpão HSP

10:00 às 15:00h
Brechó entre servidores
Local: galpão HSP

15:00h
Ginástica Laboral
Local: Frente ao galpão HSP

15:00 às 16:00h
Reiki (sob agendamento no ramal 1015)
Local: sala 20 PROSER-HSP

25 DE OUTUBRO - QUARTA-FEIRA

Noite
Dinâmica reflexiva com servidores da noite
Local: enfermarias UCE e M1

26 DE OUTUBRO - QUINTA-FEIRA

9:30h
Ginástica Laboral
Local: Frente ao galpão HSP

10:00 às 15:00h
IV arteSANA: exposição e feira de produções artísticas dos servidores
Local: galpão HSP

15:00h
Dança Circular
Local: Frente ao galpão HSP

27 DE OUTUBRO - SEXTA-FEIRA

11:45h
Ginástica Laboral
Local: Frente ao RH

12:00h
ALMOÇO de celebração ao dia do servidor
Local: Refeitório HSP



Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

O Hospital São Pedro comemora os 100 anos do serviço de odontologia.

No dia em que se comemora o Dia Nacional de Saúde Bucal e Dia do Cirurgião Dentista, nesta quarta-feira, 25, com o descerramento de uma placa comemorativa, o Hospital Psiquiátrico São Pedro rendeu homenagens aos 100 anos do Serviço de Odontologia da instituição representado por seu coordenador, o cirurgião dentista Cesar Alexandre Guimarães Acosta que recepcionou os colegas e convidados.
O Diretor Técnico do Hospital São Pedro, o médico psiquiatra, Gilberto Brofman ressaltou a qualidade do serviço e dos profissionais do Hospital que no momento atual vislumbra o fim da fase asilar num processo contínuo de desinstitucionalização que tende a se concluir em 2018. Lança assim, um novo desafio ao Serviço de Odontologia em desenvolver o projeto de assistência que, além dos pacientes da instituição com estadias breves, transporá os muros oferecendo o serviço especializado para Regiões do Estado que enfrentam a dificuldade de oferecer um atendimento diferenciado em odontologia para pacientes que necessitam de um manejo especial. O Diretor do Departamento de Coordenação dos Hospitais, Luiz Carlos Pinto Sobrinho, lembrou que o papel do gestor é apoiar os projetos que visam seguir da melhor forma possível com o objetivo de qualificar o atendimento ao paciente.
Estiveram também presentes na solenidade Mirele Duarte e Eva Castilhos, representantes da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Alta Habilidade no Rio Grande do Sul –Faders; e Isabel Sassada , coordenadora do Curso de Especialização de Odontologia Para Pacientes com Necessidades Especiais da Associação Brasileira de Odontologia (ABO).
Após a cerimônia a Professora Doutora em Odontologia Salete Pretto ministrou a palestra “Saúde Bucal e saúde Mental- Tendências na Prevenção e no Tratamento”. Conhecida no Hospital São Pedro como “Mãe”, título que recebeu quando atuou no Serviço de Odontologia da instituição antes de se aposentar no Estado, Salete declara: “Fui escolhida como mãe de uma paciente numa instituição Psiquiátrica. Este é o diploma do qual tenho o maior orgulho”.






Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Serviço de Odontologia do Hospital Psiquiátrico São Pedro completa 100 anos

No Dia Nacional de Saúde Bucal e Dia do Cirurgião-Dentista, 25 de outubro, o Hospital Psiquiátrico São Pedro comemora às 9h, no auditório da administração da instituição, o centenário do Serviço que cuida da Saúde Bucal dos pacientes.
Fazendo parte do Serviço Integrado de Assistência em Saúde (SIAS) do HPSP, com quatro cirurgiões-dentistas, especialistas em Odontologia Para Pacientes com Necessidades Especiais, o Serviço de Odontologia atende moradores das Unidades, dos Residenciais Terapêuticos e do Ambulatório Melanie Klein do São Pedro estendendo a assistência também aos pacientes do Hospital Colônia Itapuã que integra o Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais da Secretaria Estadual da Saúde.
O historiador do HPSP, Edson Medeiros Cheuiche, aponta que em 29 de outubro de 1917, houve a inauguração do Serviço com a nomeação do Cirurgião Dentista e professor universitário João Rache Vitello para prestar atendimento aos 878 pacientes internados, introduzindo a Assistência Odontológica Hospitalar. Em 1918, o serviço de odontologia já havia realizado 3,2 mil atendimentos, entre os quais 2,7 mil curativos e 1,4 mil extrações dentárias. Somente em 1925, um novo Regulamento definiu oficialmente as funções do profissional no Serviço de Odontologia da instituição. No final de 1955, com mais de três mil pacientes internados, já com superlotação, o Hospital dispunha de dois profissionais para o atendimento.



Lia  Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Oficina de Criatividade



Matéria gravada na sexta-feira, 29, sobre a premiação, da Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro, recebida pelo Iphan, exibida, hoje, no SBT.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Oficina de Criatividade

Quando a arte vence a indiferença
OFICINA DE CRIATIVIDADE do Hospital Psiquiátrico São Pedro já tem mais de 200 mil trabalhos e conquista prêmio nacional

Por volta do meio-dia de terça- feira passada, uma mulher de baixa estatura, cabelos curtos e postura encurvada chegava a passos curtos para tomar assento em uma das duas salas da Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro, em Porto Alegre. Não era a primeira vez no dia que Delfina Santos, 67 anos, passava por ali - estava em sua terceira sessão de pintura nas folhas em tamanho ofício acomodadas a sua frente. Cada lenta pincelada era intercalada pela análise atenta de um pacote de biscoitos ou de uma embalagem de ducha elétrica e um sorriso silencioso a quem a observava a distância. O que a artista expressava no papel, porém, tinha pouco a ver com o que via dentro da sala. Em traçado que remetia a um desenho infantil, figuras humanas soltas ao lado de janelas predominavam nas imagens.
- Às vezes ela vem duas, três vezes ao dia. Vai e volta, olhando os prédios, os pavilhões. De certa forma, parece que retrata o dia a dia - relata a psicóloga Gisele Sanches, que acompanha uma das turmas da oficina de pintura e desenho do projeto.

De cenas comezinhas como as retratadas por Delfina - uma das 120 moradoras do São Pedro - até a abstração de complexos universos interiores, todo o material produzido pelos pacientes do hospital psiquiátrico é comemorado pelos idealizadores da iniciativa. De segunda a sexta, a oficina promove atividades de pintura, desenho, bordado, escrita e escultura nas dependências do antigo hospício. É o triunfo da criatividade sobre o sofrimento de pessoas para quem, muitas vezes, expressar-se é um processo angustiante.

O acervo recebeu, neste ano, reconhecimento nacional. O projeto Arquivo e Testemunho: Acervo da Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro reúne mais de 200 mil trabalhos produzidos por Delfina e outras centenas de pacientes que vivem ou passaram pelo hospital nos últimos 27 anos. Em outubro, seus idealizadores vão ao Rio de Janeiro receber do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade - além de R$ 30 mil -, que contempla iniciativas de preservação do patrimônio cultural, por, segundo o órgão, "ser uma iniciativa inovadora, que congrega as ciências humanas e políticas de saúde".

É o resultado de quase 30 anos do trabalho dedicado de uma equipe composta por psicólogos, assistentes sociais e estagiários de artes que se dedicam às oficinas. Sem incentivo financeiro do governo do Estado, que administra o hospital, as atividades são mantidas por meio de parcerias, doações, ações entre amigos, ou mesmo pela boa vontade dos funcionários, que por vezes levam os materiais utilizados nas atividades.

VALOR DE PREMIAÇÃO SERÁ INVESTIDO EM NOVO ESPAÇO

Duas salas de um dos pavilhões do São Pedro são destinadas às oficinas, realizadas há quase três décadas, e barram a indiferença já na chegada. Dentro delas, além de mesas compridas, bancos e materiais de desenho e pintura, mensagens reflexivas ou bem-humoradas sobre a condição psicológica dos pacientes estão espalhadas pelas paredes, provocando desavisados: "não é sinal de saúde ser adaptado numa sociedade doente", diz uma delas.
- As pessoas que sofrem de problemas psiquiátricos, às vezes, têm dificuldade de se expressar pela linguagem que nós costumamos usar, mas se expressam por outras. Também tem uma questão social, porque nas oficinais elas começam a ter relações com outras pessoas, com compromissos. Aqui, nós preparamos a passagem: para que a pessoa possa se apaziguar com o mundo ou se aceitar do jeito que é - avalia a psicóloga Barbara Neubarth, coordenadora dos trabalhos.

Apesar das dificuldades, o projeto de organizar e catalogar as obras produzidas pelos pacientes veio antes da inscrição no prêmio nacional, cuja verba será investida em um espaço novo, atualmente em obras. Com R$ 4 mil obtidos em uma ação entre amigos, Barbara e outros profissionais envolvidos com as atividades reformaram, neste ano, a área que acomodará o acervo e as oficinas. Desde fevereiro, quando problemas de infiltração ocasionaram a queda de um pedaço do telhado da sala que abrigava as obras dos pacientes, os milhares de trabalhos começaram a ser distribuídos entre estantes e arquivos, separados por ano de produção - estudantes da UFRGS realizaram a catalogação das obras, que serão digitalizadas para a criação de um museu virtual. Diferentemente do resultado das oficinas, que por vezes surpreende - dezenas das obras já foram expostas em museus e produções literárias de pacientes foram publicadas -, o dinheiro vindo do governo federal, considerado bem-vindo para a melhoria do espaço, atendeu a expectativa.
- A gente ficou muito feliz. Mas eu tinha muita fé. Sempre achei que éramos fortes candidatos. São 27 anos de trabalho sério - comemora Barbara Neubarth.

Matéria publica no Jornal Zero Hora em 26 de setembro de 2017.


Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

terça-feira, 12 de setembro de 2017

A Mostra Sonhos Acessíveis exibe filme longa metragem aos internos do HPSP

O Hospital Psiquiátrico São Pedro da Secretaria Estadual da Saúde faz parte da programação da "Mostra Sonhos Acessíveis – Cinema, Audiodescrição e Impressão 3D" que iniciou no dia 11 de setembro, apresentando o longa metragem Narradores de Javé da diretora Eliane Caffé, com recursos de audiodescrição e Impressão 3D em sessão fechada e especial aos pacientes da Instituição.
Os filmes apresentados na mostra contarão com os recursos de audiodescrição e impressão 3D que auxiliam na compreensão da narrativa. A audiodescrição é uma narração que permite que os espectadores entendam o filme mesmo não podendo visualizar as imagens ou tendo algum tipo de dificuldade de entendimento.
A mostra foi contemplada pelo Edital Pró-Cultura/RS FAC Regional, financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura, da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul e conta com apoio da ACERGS – Associação de Cegos do Rio Grande do Sul, ACELB - Associação de Cegos Louis Braille, Lar do Idoso Cego, ADEVIC - Associação dos Deficientes Visuais de Canoas, APAE, Cine Santander Cultural e Sesc Canoas, Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul, Hospital Psiquiátrico São Pedro, Onomato e Mil Palavras.




Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Morre médico ortopedista Luiz Eurico Laranja Vallandro

Faleceu na madrugada desta quarta-feira, 30, o médico ortopedista e traumatologista Luiz Eurico Laranja Vallandro devido ao infarto do miocárdio deixando esposa, três filhos e netos. 

Desde 2016, Dr. Valladro atuava como diretor adjunto do Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais(DCHE) da Secretaria Estadual da Saúde (SES) onde vinha se destacando pela proximidade junto aos servidores. Com vasta experiência na gestão pública, em especial na área hospitalar anunciou em sua posse como viria imprimir o seu jeito de gerenciar juntamente como economista Luiz Carlos Pinto Sobrinho, as mais antigas instituições de saúde vinculadas ao Estado do Rio Grande do Sul – Hospital Psiquiátrico São Pedro, Ambulatório de Dermatologia Sanitária, Hospital Colônia Itapuã e Hospital Sanatório Partenon.: “Sabemos que o momento é difícil, mas é na adversidade que as melhores ideias surgem nas pessoas que pensam grande e trabalham para o desenvolvimento” afirmou. 

Dentre os muitos cargos públicos que assumiu anteriormente destacam-se o período de oito anos que atuou como diretor técnico do Grupo Hospitalar Conceição, foi diretor do Hospital Cristo Redentor durante duas gestões e exerceu o cargo de diretor geral da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre na gestão do falecido Eliseu Santos e do prefeito José Fogaça. Seu desempenho na vinculação da assistência e ensino se destacou por sua atuação como vice-presidente da Associação Brasileira de Hospitais Universitários e de Ensino –ABRAHUE e como coordenador da Residência Médica do Hospital Cristo Redentor.

Um dos grandes feitos, fora da área médica, que o tornou igualmente conhecido em todo o Estado foi quando atuou junto ao Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Foi vice de futebol em 2013, atuou como diretor de futebol na gestão de José Alberto Guerreiro na presidência do clube e em 2001 conquistou o título da Copa do Brasil. Também foi vice médico em 1999 e 2000 e conselheiro tricolor desde 1983.
O velório ocorrerá a partir das 13h de hoje, 30, e se estenderá até as 21h no Crematório Metropolitano de Porto Alegre, localizado na Avenida. Prof. Oscar Pereira, 584, no Bairro Azenha.



Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon


NOTA DE FALECIMENTO

Prezados colegas e com muito pesar que informamos o falecimento, no final dessa madrugada por um infarto, do nosso diretor adjunto do DCHE Dr. Luiz Eurico Laranja Vallandro. O velório será das 13 as 21hs no crematório metropolitano.



Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Oficina de Criatividade e premiada em concurso do Iphan.

Com objetivo de estimular o envolvimento da sociedade civil na busca pela salvaguarda e proteção dos bens culturais do país, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lançou a 30ª Edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, que celebra seus 30 anos e também os 80 anos do Iphan. O concurso selecionou trabalhos representativos de ações preservacionistas relativas ao Patrimônio Cultural, divididos em quatro categorias. A Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro foi premiado na categoria I que contempla as iniciativas de excelência em técnicas de preservação do Patrimônio Cultural: visa valorizar e promover iniciativas de excelência em preservação do patrimônio cultural material envolvendo ações de identificação, estudos e pesquisas, projetos, obras e medidas de conservação e restauro.


Dennis Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Poster sobre autocuidado em hanseníase do Ambulatório de Dermatologia Sanitária recebe prêmio destaque "Os Caminhos da Saúde Pública do RS"

O “Relato de Experiência:grupo de autocuidado em hanseníase do Ambulatório de Dermatologia Sanitária” foi o tema de pesquisa que recebeu o prêmio destaque “Caminhos da Saúde Pública do Rio Grande do Sul” durante a sessão de pôsteres do I Encontro dos Hospitais Estaduais, evento promovido nos dias 07 e 08 de agosto, pelo Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE) da Secretaria Estadual da Saúde (SES), realizado no Centro de Eventos da Amrigs em Porto Alegre.
Foram selecionados 15 pôsteres para apresentação oral pela comissão científica composta por membros das Divisões de Ensino e Pesquisa do Hospital Psiquiátrico São Pedro, Hospital Sanatório Partenon e Ambulatório de Dermatologia Sanitária. A banca científica que avaliou as apresentações e elegeu o “Pôster Destaque” foi formada pela enfermeira Maria Élida Machado, Doutora em Políticas Públicas e Formação Humana e coordenadora do Comitê de Ética de Pesquisa em Saúde (Ceps) da Escola de Saúde Pública (ESP); e pela pedagoga Rosemari Dorigon Reinhardt, Mestre em Educação e coordenadora de Ensino e Pesquisa do DCHE.
A hanseníase é uma doença infectocontagiosa que acomete principalmente a pele e os nervos periféricos podendo causar incapacidades se não diagnosticada precocemente. Para que isto ocorra são necessárias estratégias complementares para detectar a doença reduzindo assim a transmissão e as incapacidades. O grupo de autocuidado contribui para a redução do impacto da hanseníase promovendo a qualidade de vida dos pacientes aproximando profissionais e familiares por meio do conhecimento da doença e sua complexidade.
Ao final do evento o apresentador do pôster, Paulo Cezar de Moraes, apresentador do pôster recebeu o prêmio das mãos dos diretores do DCHE, Luiz Carlos Pinto Sobrinho e Luiz Eurico Vallandro.





Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Práticas exitosas em saúde mental, hanseníase, tuberculose, HIV/Aids e Hepatites são apresentadas no 1º Encontro dos Hospitais

O Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE), da Secretaria Estadual da Saúde (SES), promoveu nos dias 7 e 8 de agosto, o 1º Encontro dos Hospitais Estaduais . A atividade foi realizada no Centro de Eventos da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), em Porto Alegre, apoiadora do evento.
“Os Caminhos da Saúde Pública nas Práticas Exitosas em Saúde Mental, Hanseníase, Tuberculose, HIV/Aids e Hepatites", foi o tema central do encontro, Durante dois dias, o Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP), Ambulatório de Dermatologia Sanitária(ADS), Hospital Colônia Itapuã (HCI) e Hospital Sanatório Partenon (HSP) apresentaram as práticas que os destacam como precursores dos serviços especializados na saúde pública do Rio Grande do Sul e os mantêm como referências estaduais.
Dentro da programação, também foi inaugurada a exposição "Os Caminhos da Saúde Pública no Rio Grande do Sul". A mostra apresenta a história das instituições, que teve início no ainda no período imperial.
A solenidade de abertura contou com as presenças do secretário adjunto da Secretaria Estadual, Francisco Paz, do diretor do DCHE, Luiz carlos Pinto Sobrinho,do presidente da Amrigs, Alfredo Floro Cantalice Neto e dos diretores das insituições promotoras, Gilberto Brofman (HPSP), Giovani Diedrich(HCI) e Carla Jarczewski(HSP).







Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Hospitais apresentam em evento suas trajetórias e práticas que compõem a história da saúde pública do Rio Grande do Sul

Os hospitais estaduais, Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP), Hospital Colônia Itapuã (HCI), Hospital Sanatório Partenon (HSP) e Ambulatório de Dermatologia Sanitária (ADS) apresentarão suas práticas que se destacaram como precursoras dos serviços especializados na saúde pública do Rio Grande do Sul no 1º Encontro dos Hospitais Estaduais: Os Caminhos da Saúde Pública nas Práticas Exitosas em Saúde Mental, Hanseníase, Tuberculose, HIV/Aids e Hepatites. O evento promovido pelo Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais (DCHE) da Secretaria Estadual da Saúde (SES) acontecerá nos dias 07 e 08 de agosto, no Centro de Eventos da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), em Porto Alegre.
A existência destas instituições antecedeu em muito as diretrizes das políticas de saúde pública no sistema que hoje é proposto exibindo um caráter de permanente adequação. Destacam-se nas diferentes especialidades como locais de consultoria e referência para todo o Estado. Atualmente, desenvolvem ações alinhadas às políticas diretivas por meio do ensino e da pesquisa.
A abertura oficial do evento acontecerá no final da tarde de segunda, 07, às 17h15, com o secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis e demais autoridades, no auditório da Amrigs seguindo com a inauguração, no salão de festas, da exposição “Caminhos da Saúde Pública no RS” contando as histórias das instituições que mantiveram suas atividades ao longo dos anos desde suas fundações: Hospital Psiquiátrico São Pedro há 133 anos, Ambulatório de Dermatologia Sanitária desde a década de 20, Hospital Colônia Itapuã com 77 anos e o Hospital Sanatório Partenon há 66 anos.
Durante o evento, os participantes poderão se inscrever numa visita monitorada: “Caminhos da Saúde Pública” que acontecerá na quarta-feira, 09, a partir das 9h quando levará os visitantes a conhecer cada uma das instituições. O tour partirá do Hospital São Pedro, passará pelo Ambulatório de Dermatologia Sanitária, seguirá até o memorial do Hospital Colônia Itapuã, voltará para o Hospital Sanatório Partenon, em Porto Alegre e finalizará no memorial do Hospital Psiquiátrico São Pedro.

Lia Magalhães
Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Coordenação dos Hospitais Estaduais
Secretaria Estadual da Saúde
Tel. 3339.2389 ramal 1319 - Cel/whatsapp.51 984052503
Av. Bento Gonçalves, 2460 - B. Partenon